Ranashaw | Bons produtos desde 1997

Politica de Privacidade | Termos de Uso | Contato
Sobre Anfíbios | Rãs | Pererecas | Sapos
Onde Comer Rã | Novos Restaurantes | Localização Restaurantes | Cardápios dos Restaurantes
Sobre Carne de Rã | Proteína Para Atletas | Ômega 3 6 9 | Benefícios da Carne de Rã | Ácidos Graxos | Aminoácidos | Composição Nutricional da Carne de Rã
Ácidos Graxos | Ômega 3,6,9 | Proteína Para Atletas | Aminoácidos | Cicatrizante Natural | Artesanatos com Couro de Rã | Dados Científicos | Cosméticos
Responda Pesquisa
Chat on Line | Mensagem | Telefones - Endereço | Como Chegar
subglobal8 link | subglobal8 link | subglobal8 link | subglobal8 link | subglobal8 link | subglobal8 link | subglobal8 link

Ranicultura e Aquicultura

Ranashaw.com | Carne light para uma vida saudável
 
Aquicultura / Ranicultura

É incontestável a importância do Brasil como país pioneiro na produção de rã-touro em cativeiro, gerador de tecnologias desde 1935; modelo que tem sido seguido por outros países onde até então só se praticava o extrativismo. Como resultado da ação de entidades governamentais do Brasil (Ministério da Agricultura, Superintendência de Desenvolvimento da Pesca - SUDEPE/IBAMA, além de diversas instituições públicas de pesquisa e extensão), inúmeros ranários foram implantados em todo o território nacional, tendo seu auge nas décadas de 80/90, constituindo-se uma atividade econômica para diversos produtores rurais (predominantemente em regime de economia familiar) que investiram na ranicultura como atividade geradora de emprego e renda. Existe um mercado mundial francamente comprador de carne de rã e o Brasil, pelo domínio da tecnologia de criação, pode se constituir no principal fornecedor deste nobre produto.

A carne de rã se destaca entre os produtos cárneos por sua excelente qualidade, baixo teor de gordura e alto valor biológico, sendo apropriada para elaboração de produtos prontos para servir, requisitados pelo mercado. Estudos na área de inovações terapêuticas destacam a carne de rã para o tratamento de doenças relacionadas a erros inatos do metabolismo humano e sua pele para recuperação de queimaduras, utilidades relatadas na literatura científica internacional. A ranicultura é um empreendimento minimamente impactante, uma vez que trabalha com pequenos volumes de água e possibilita o seu reaproveitamento, conforme recentes resultados de pesquisa científica. No sentido de minimizar o impacto ambiental da atividade, algumas ações já vem sendo implementadas e disponibilizadas para os produtores através dos meios de difusão de tecnologias existentes, tais como instalações apropriadas dotadas de barreiras contra fuga, criação de animais que não se reproduzem no ambiente natural, tratamento e reuso de água, entre outras.

Fonte: www.fiperj.rj.gov.br/index.php/aquicultura/ranicultura

 

 

 

Mapa do Site | Privacy Policy | Contato | ©2015 Ranashaw.com